quinta-feira, 13 de maio de 2010

Eu nunca quis me limitar a fazer o que todos acham bonito por que eu nunca achei bonito o que todos fazem. As pessoas andam por aí se achando no direito de julgar quem passa. As pessoas andam por aí dizendo quem ama e quem não ama. As pessoas andam por aí jogando o amor fora.

Beijos não são contratos, o amor é de graça. Quando você conhece uma pessoa e ela te dá a oportunidade de conhecer seu interior, você não pode simplesmente dizer não. Você faz parte daquilo no momento em que você se deixa conhecer e aí existe uma troca. Quando você gosta dessa pessoa você sabe tudo que ela faz de errado, mesmo que seja com você, você espera que as feridas cicatrizem. Mas Meredith sempre disse que algumas feridas nunca cicatrizam e o amor, o amor nem sempre é real. E como saber o que é real e o que não é?
Vou dormir e descobrir a resposta depois, vou dormir e tentar esquecer os motivos que me fazem desacreditar. Vou apenas dormir e esperar que o relógio pare de bater.

1 comentários:

Jeeh disse...

te adimiro